Confissões da loucura


Ao abrir os olhos, suspirei
E pus-me a caminhar
Entre as árvores
Sem destino,
Sem nome,
Sem lenço.

Ajoelho-me perante um rio
E lá estão meus risos
E mágoas
Meu presente
Meu passado
Meu futuro.

Ah, se eu pudesse
Mergulhar neste rio novamente!
Para ao menos te olhar nos olhos
Tão negros e pequeninos
Para ao menos tocar-lhe os cabelos
Tão ruivos,
Tão macios,
Tão teus!

Mas eu não posso, meu bem!
Fomos separados
Pela mais bela das imortais
Separados pelo silêncio amargo
Separados, minha amada...
Pelas minhas próprias mãos

Trêmulo, derramo uma lágrima...
Uma lágrima de dor,
Cortando-me os olhos,
Uma lágrima de arrependimento,
Esmagando-me ao chão
Talvez a minha última lágrima.

Mas agora não há mais o que temer...
O destino me espera
Detrás de uma porta,
Na outra margem do rio.

Posso até sentir as chamas
Fervendo-me a pele...

4 comentários:

Ra__mon disse...

aewwwwwwwwwwwww!!!!
depois de milhares de anos sem vim aki... vim...
parabens rafa... continue assim...
agora vow aproveitar pra le os outros... \o/

flow's

gustavo disse...

sem duvida alguma essa e uma das melhores poesias que vc ja fez, bem melancolica, tratando o rio como a morte, que o eu lirico mesmo provocou em sua amada ,perfeito , perfeito

P.S.:Vc gosta de faser coisas bem...
melancolicas geralmente tratando a morte de uma forma oculta ou "implicita" como vc mesmo diz
isso e o que eu acho mais bacana em seus contos ou poesias...
ha e gostei da ruiva

Rafael disse...

A partir de agora farei meus "auto comentários" xD

Este poema retrata a ida ao inferno de um indivíduo q assassinou sua esposa.

"Ajoelho-me perante um rio..."
O rio eh simplesmente a vida. Um rio o qual n se pode nadar contra a correnteza.

"Fomos separados
Pela mais bela das imortais..."
A mais bela das imortais = morte

"Separados, minha amada...
Pelas minhas próprias mãos"
Neste momento o indivíduo confessa a loucura cometida

"Mas agora não há mais o que temer...
O destino me espera
Detrás de uma porta,
Na outra margem do rio"
Apesar do arrependimento, o rapaz sabe do destino q te espera. Ele sabe q não há pra onde correr...

"Posso até sentir as chamas
Fervendo-me a pele..."
Seu destino? O Inferno...

Dimi disse...

Wow...
Sinto uma pontinha d inveja!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Maravilhoso!
Eu mesmo não consigo dizer tanto com poucas palavras. Gosto de complicar as coisas um pouco mais. Admiro isso em vc, essa sua forma de escrita, de dizer tanto com tão pouco, muitos famosos eram ou ainda são assim.
Beijos
^^