Resposta


Trêmulo e gélido
Na esperança de que a noite,
Este manto que me cobre de solidão,
E inevitavelmente me adormece,
Me aqueça... Ponho-me a admirar
Cada ponto cósmico.

Estrelas, meu caro! Apenas estrelas!
Soa-me a tua voz.
Fosse anteriormente uma tarde de sol,
Teu lamento contentar-me-ia! Talvez...
Mas a chuva, lágrimas da alvorada,
Derrama sobre mim seu doce abraço,
Que junto ao meu silêncio
Desenha o infinito entre as linhas
Desta humilde folha de papel perdida.

Calado, tu apenas me observas.

O que vês? Tu me interrogas!
Nada. Tens razão. Nada!
Quem dera poder acreditar em meus sonhos
Soltos... Ao avesso... Quem dera...
Mas eu sou o filho do ceticismo!
Aquele que foi amaldiçoado pelas trevas da dúvida!
Fosse eu um bastardo, talvez não possuísse tantos desejos.

Desejos? Quem me realizá-los-ia?
O tempo. Afirmas.

Oh, tempo! Leva-me em tuas asas, desgraçado!
Mostra-me o caminho de volta pra casa!
Mas eu não tenho casa.
Toca-me com tua frieza e clama meu nome!
Mas eu não tenho nome.
Sou foragido deste universo sem mundo. Sem dono.
Deste poço sem fundo! Afoga-me!
Sou um pobre caçador de sonhos extintos...
Apenas me leva! Sem ressentimento.
Envelheça-me. Ou me esqueça! Se puder...

4 comentários:

Kaiser Kamm disse...

karak integração interpoética!
muito fodaaaaaa!!
xD parceria indireta kkkkkkkkkk
issaew, vlw
flwziz

Henrique disse...

Bonito e assustador!
Mas tá legal, é pq o cara é cético, mesmo. Aí tem essas coisas. Vc foi fundo, hein?
Massa mesmo! Este site tá bombando, né? De vez em quando aparece estes poemas. São todos seus?
Abraçoo!

Ramon disse...

mermãão tirar a teia de aranha e comentar aki neah velho
heauheuaheuaehuaua

doido parece uma poesia revoltada velho paguei pau pra o ultimo paragrafo rafa
ficou doooo caralhooo

\o

abrass biba
=*

Gustavo Monteiro disse...

Perfeito! intimamente perfeito!
tempo, tempo mano velho... o verdadeiro autor da histótia que nos modifica ao ponto de não nos conhecermos, quando isso ja se tornou algo relevante!
Sem querer escrevemos sobre um mesmo tema, de formas diferentes, é claro! vc escreve mt bem! quero ser como vc quando eu crescer... hauhauhauahuahuahuaauh [ondaa]
abraço!